quarta-feira, 24 de maio de 2017

Katy Perry explicou sua treta com a Taylor Swift durante o "Carpool Karaoke" no programa do James Corden


Nesta última segunda-feira (22), a cantora Katy Perry participou do famoso quadro "Carpool Karaoke" no programa noturno "The Late Late Show with James Corden" e além de cantar junto com o apresentador seus grandes sucessos no carro, ela contou o que aconteceu na briga entre ela e a cantora Taylor Swift:

Katy disse que tudo começou quando "três de meus dançarinos saíram em turnê com ela [Taylor] e antes de irem, perguntaram se estava tudo bem, eu disse que sim, não estou trabalhando agora e ela é ótima, mas iria começar um ciclo de divulgação de um disco em um ano.". Ela deixa claro para os dançarinos que "'coloquem nos contratos uma cláusula de contingência de 30 dias, para que possam voltar comigo, se quiserem'. O ano chegou e conversei com eles, que disseram 'ok, falaremos com os empresários', mas eles foram demitidos. Tentei falar com a Taylor sobre isso, e ela não conversava comigo."

Ela continua dizendo que tentou fazer o que achava certo, mas a Taylor não deu nenhuma resposta a ela, e além do mais, ainda escreveu uma música sobre ela (no caso, "Bad Blood"): "Sinceramente, ela quem começou e é hora de ela acabar com isso", continua dando uma alfinetada de leve: "É assim que você quer lidar com isso? Karma! Estou pronta para que isso tudo termine, mas há a lei de ação e reação, mas estou do lado do amor.".

Katy finaliza com uma empoderada resposta: "Penso que as mulheres juntas, não divididas, vão curar o mundo", o apresentador a parabenizou e finalizou perguntando se ela recebesse uma mensagem da Taylor pondo um fim nisso já estaria suficiente, Katy respondeu: "Sim, com certeza. 100%".

E aí TayTay?

Veja o vídeo da entrevista:



Além de Katy Perry, artistas como Madonna, Adele, Sia e Lady Gaga já participaram do quadro.


[imagem: screenshot]