segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Oscar 2017: Indiretas e diretas ao Trump + Viola Davis finalmente reconhecida + Melhor filme foi "La La Land"... ops, foi "Moonlight"

plateia de estrelas boquiabertos com o ocorrido

Ontem aconteceu a maior premiação do cinema, o Oscar 2017, que foi cheio de emoções, gafes e alfinetadas ao presidente norte-americano. Começando que logo no monólogo do apresentador Jimmy Kimmel, muitas diretas e indiretas foram ditas por ele ao Trump, além do ator Gael García Bernal apresentar um prêmio, e antes soltou dizendo que ele é mexicano e é contra um muro separar os países. Já o vencedor do prêmio de "Longa Estrangeiro", foi o filme "O Apartamento", que é iraniano, e o diretor não compareceu à cerimônia, mas mandou uma representante que leu um bilhete que ele escreveu, falando que ele não foi por respeito ao Irã e aos países que o presidente americano quer proibir de entrar no país.

Alguns artistas foram destaques da noite, primeiro que o longa "La La Land: Cantando Estações" foi o grande vencedor, com 6 estatuetas. Já a grande surpresa e esperada vitória foi para a atriz Viola Davis, que levou o prêmio de atriz coadjuvante e emocionou o público com seu lindo discurso. Além de sempre mostrar cenas de um artista assistindo um filme antigo e em seguida indo ao palco com o protagonista daquele filme.

grandes atores premiados: Mahershala Ali, Emma Stone, Viola Davis e Casey Affleck

Mas o melhor estava por vir... No último e mais aguardado prêmio da noite, de "Melhor Filme", alguém trocou os envelopes, sabe-se lá Deus se foi isso mesmo ou como fizeram isso, mas anunciaram que quem foi o vencedor foi o filme "La La Land: Cantando Estações", mas enquanto o elenco e a equipe técnica estava no palco, alguém da equipe anunciou que estava errado, e mostrou o papel, que dizia que era o filme "Moonlight: Sob a Luz do Luar".

toda a equipe de Moonlight recebendo o merecido prêmio equivocado de filme do ano

Percebe-se o espanto pela cara da plateia (vide foto de capa) e veja o vídeo do momento:


Veja a lista dos indicados clicando aqui e abaixo quem foram os vencedores:

Melhor Filme: Moonlight: Sob a Luz do Luar
Melhor Diretor: Damien Chazelle - La La Land: Cantando Estações
Melhor Atriz: Emma Stone - La La Land: Cantando Estações
Melhor Ator: Casey Affleck - Manchester à Beira-Mar
Melhor Ator Coadjuvante: Mahershala Ali - Moonlight: Sob a Luz do Luar
Melhor Atriz Coadjuvante: Viola Davis - Um Limite Entre Nós
Melhor Roteiro Original: Kenneth Lonergan - Manchester à Beira-Mar
Melhor Roteiro Adaptado: Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney - Moonlight: Sob a Luz do Luar
Melhor Animação: Zootopia: Essa Cidade é o Bicho
Melhor Documentário em Curta-Metragem: Os Capacetes Brancos
Melhor Documentário em Longa-Metragem: O.J.: Made in America
Melhor Longa Estrangeiro: O Apartamento (Irã)
Melhor Curta-Metragem: Sing
Melhor Curta de Animação: Piper
Melhor Canção Original: "City of Stars", Justin Hurwitz (Benj Pasek e Justin Paul) - La La Land: Cantando Estações
Melhor Fotografia: Linus Sandgren - La La Land: Cantando Estações
Melhor Figurino: Colleen Atwood - Animais Fantásticos e Onde Habitam
Melhor Maquiagem e Cabelo: Alessandro Bertolazzi, Giorgio Gregorini e Christopher Nelson - Esquadrão Suicida
Melhor Mixagem de Som: Kevin O'Connell, Andy Wright, Robert Mckenzie e Peter Grace - Até o Último Homem
Melhor Edição de Som: Sylvain Bellemare - A Chegada
Melhores Efeitos Visuais: Robert Legato, Adam Valdez, Andrew R. Jones e Dan Lemmon - Mogli: O Menino Lobo
Melhor Design de Produção: David Wasco (design de produção) e Sandy Reynolds-Wasco (decoração de set) - La La Land: Cantando Estações
Melhor Edição: John Gilbert - Até o Último Homem
Melhor Trilha Sonora: Justin Hurwitz - La La Land: Cantando Estações


[imagens: aqui, aqui e aqui]